Releases

Lock Engenharia realiza projeto de retrofit

Em parceria com o Estudio SB Arquitetura, reforma incluiu modernização em áreas sociais e nos apartamentos da unidade da rede, um dos mais procurados por executivos em São Paulo

São Paulo, outubro de 2013 – A Lock Engenharia (http://www.lock.com.br) comemora a entrega da terceira fase do processo de reforma do Hotel Radisson unidade Faria Lima, localizado em São Paulo. A obra foi coordenada pela Lock Hotéis e realizada em parceria com o Estudio SB Arquitetura. Com mais de três quartos de obras realizadas, o processo de retrofit terá ainda mais uma etapa, que se iniciará em dezembro e compreenderá o retrofit de 61 apartamentos, o que deve durar 70 dias, concentrando-se em cinco andares. Ao final da reforma, o hotel contará com a seguinte configuração: apartamentos categoria Superior, Luxo, Business Class, Royal e suítes.

Iniciado em 2010, o retrofit já foi premiado nas primeiras duas etapas pela Carlson Hotels, proprietária da bandeira, que é administrada pela Atlantica Hotels. Em três anos de trabalho, foi dada atenção a espaços como lobby, corredores, área de eventos, restaurante e 141 apartamentos, com obras civis, modernização das marcenarias, substituição das instalações elétricas, aplicação de revestimentos mais modernos, alteração em detalhes como piso, carpete, paredes, iluminação dos ambientes e materiais e cores utilizadas. A nova configuração procurou valorizar espaços mais abertos, que atenderam às sugestões enviadas pelos próprios clientes promovendo a integração entre as pessoas que transitam no local.

Trabalho em parceria

O projeto é assinado pelas arquitetas Simone Borgas e Fabiana Sverner. Todo o processo está sendo realizado em conjunto com a Lock Hotéis e acompanhamento e aprovação das matrizes, pois mesmo havendo esta personalização da unidade Faria Lima era necessário seguir o padrão Radisson.

Segundo a arquiteta Simone Borgas, o profissionalismo da Lock Hotéis foi essencial para a conclusão desta terceira etapa. "Um dos desafios foi fazer todo este trabalho com o hotel em operação e, graças à Lock Hotéis, que planejou todos os momentos da obra e os executou com organização, pudemos realizar tudo da melhor maneira, sem que os hóspedes sentissem algum transtorno", ressalta.

A gerente geral do Radisson Faria Lima, Leandra Gallo, complementou que foi até mesmo estimulada uma interação entre a obra e o público. Um tapume especialmente desenvolvido para minimizar os impactos da obra permitiu aos hóspedes escrever mensagens e indicar seu País de origem nesse espaço. De acordo com dados divulgados pelo hotel, após as obras de revitalização, a taxa de ocupação dos quartos subiu cerca de 45%, além de ter impactado também positivamente áreas sociais, como o restaurante e salas de eventos. E com a experiência da Lock Hotéis, foi atingida a incrível marca de reformar um apartamento por dia.

Com as áreas sociais 100% renovadas e os serviços e produtos do hotel aprimorados, nosso hotel está pronto para continuar entre os principais empreendimentos de luxo da cidade de São Paulo", afirma Rafael Caron Gomes, gerente de vendas da unidade.

A quarta fase do retrofit terá início em 15 de dezembro, quando serão reformados os 61 apartamentos restantes. A grande novidade será a transformação de seis apartamentos em três suítes (cada um com sala de estar, quarto e dois banheiros), localizadas no 14º andar, um novo produto no Radisson Faria Lima. Tudo será renovado, com novos acabamentos e mobiliário.

O engenheiro Gley Radelsberger Lima, diretor de Obras da Lock Hotéis, se diz satisfeito em cumprir com mais esta fase importante do trabalho, atendendo as expectativas do hotel e com integração e boa comunicação com o projeto de arquitetura. "A Lock tem essa característica de eficiência e preocupação com a qualidade em cada detalhe. E com bons parceiros o trabalho flui de maneira positiva. Temos orgulho de participar de mais uma obra de sucesso que colabora com o crescimento e desenvolvimento da cidade de São Paulo, finaliza.