Roche Pharma

info

Roche Pharma
Janeiro de 2012
Área construída: 8539 m2
Arquitetura: MW ARQUITETURA
São Paulo / São Paulo - Brasil

Em plena Marginal Pinheiros, um oásis verde esconde a sede administrativa da Roche, multinacional da indústria farmacêutica, sediada no bairro do Jaguaré em São Paulo. Dentro de um condomínio, a empresa divide os 174 mil m² com outras duas empresas do setor.

Deste espaço, 9 mil m² foram dedicados ao prédio comercial da Roche Farma. Em maio do ano passado, após dez meses de reforma – e 22 milhões de reais investidos -, o novo prédio foi inaugurado para receber seus 494 funcionários, materializando nas estruturas físicas a mudança de cultura da empresa.

Segundo Denise Horato, Diretora de Recursos Humanos e Comunicação Corporativa da Roche Farma Brasil, o processo começou há cinco anos, com a chegada de Adriano Treve à presidência da empresa. Imbuído da missão de dar uma virada na cultura da empresa, o processo começou de dentro para fora, com mudanças de metas, missões, valores e, por último, a reestruturação física. "€œSe você começa pelo prédio, ele vai ficar vazio. O espaço físico deu certo porque foi a ponta de um projeto que começou anos atrás", diz.

A sisudez dos escritórios corporativos passa longe da sede da empresa. O bom humor e a espontaneidade ficam espalhados por toda a parte.

Esse é um dos frutos da decisão da empresa em reconstruir a cultura da empresa junto com seus funcionários. Denise explica que todos os escalões – desde a dispersa força de vendas até o board executivo – foram convidados a "€œsonhar" com o futuro que imaginavam para a empresa. As percepções foram reunidas e então os valores e a missão da empresa foram solidificadas.

As dependências do prédio foram estruturadas da mesma forma. "€œDepois que a gente mudou veio a lanchonete, o restaurante mais diversificado, enfim, você começa a fazer aquilo que as pessoas estão pedindo"€, diz. Uma dessas iniciativas, por exemplo, é o salão de cabelereiro, que surgiu a pedido do público feminino, que não usufruía tanto do videogame e do espaço cultural. "€œO espaço físico é uma consequência daquilo que a empresa pensa, senão fica tudo muito artificial”, diz.

Fonte: UOL

"O espaço físico é uma consequência daquilo que a empresa pensa, senão fica tudo muito artificial".

Denise Horato, Diretora de Recursos Humanos e Comunicação Corporativa da Roche Farma Brasil